Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

RITMOS BRASILEIROS NO VIOLÃO

Imagem
A riqueza dos inúmeros ritmos que o Brasil apresenta é apaixonante!! Adentrar nessa cultura que nos diferencia é encantador!! Convido  você a conhecer um pouco mais sobre nossa cultura e algumas características de cada estilo musical! As vídeo aulas Michael - Ritmos Brasileiros,  abordam estilos como: Samba Canção, Chamamé, Vanera, Baião, Xote e muitos outro, cm uma linguagem simples e legendas para auxiliar o aprendizado principalmente dos os violonistas iniciantes! Ressalto que os estilos musicais podem apresentar variações, ou seja, a forma ensinada no vídeo pode não ser a única maneira de tocar o estilo musica, principalmente porque muitos deles apresentam variações e alguma nuances que podem abrilhantar ainda mais.... assim que aprender a forma básica, se solte e faça o seu som! Porque quem fala musica, fala a mesma lingua!!! Venha comigo passear por esses ritmos do nosso Brasil! Vídeo Aula Michael 3: Ritmos brasileiros no violão (Chamamé, Guarânia, Cururu, Vanera e Toad

PALHETA, QUAL É A SUA PREFERIDA?

Imagem
Existem diferentes tipos de palhetas, com  formatos e tamanhos bem diferentes, para encontrar a palheta ideal é importante que você teste os vários tipos que existem antes de escolher a sua preferida. Basicamente podemos  resumi-las em  3 tamanhos básicos de palhetas: pequena, média e grande e dentro dessa classificação podemos ainda classificar as diferentes espessuras:  ·          XL   -  Extrafina (Extra Thin) (abaixo de 0.40 mm) ·          T   –  Leve (Thin) (0.40mm – 0.63mm) ·          M   – Média (Medium) (0.63mm- 0.85mm) ·          H   – Pesada (Heavy)(0.85mm-1.22mm) ·          XH   – Extrapesada (Extra Heavy) (1.22mm para mais) Normalmente os violonistas utilizam as palhetas médias ou grandes, os guitarristas a pequena e os baixistas as palhetas grandes. Mas isso não é uma regra, por isso a importância de experimentar os diversos modelos que o mercado oferece. As palhetas mais leves são mais indicadas para “levadas”, por serem mais flexíveis e mais confor